O QUE SÃO PLUG-INS?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O QUE SÃO PLUG-INS?

Este texto está sendo escrito no Microsoft Word 2013 e caso haja necessidade, podemos ir até o menu e escolher salvá-lo no formato PDF, que é muito útil em várias ocasiões. Muito prático, não é? Sim, demais! Porém, há algum tempo atrás as coisas por aqui não eram tão fáceis assim. Até a versão 2003 do Word, o pobre usuário que desejasse ter um arquivo em PDF de seu texto deveria usar outro software para convertê-lo. Isso, mesmo! E le escrevia o texto, salvava no formato do Word e usava outro programa para ter o seu arquivo em PDF. Uma trabalheira terrível. Mas a partir da versão 2007 do programa, a Microsoft lançou um plug-in para o Word que adicionava a função de salvar os arquivos em PDF. Da versão 2010 para cá essa função já é nativa no Word e não precisamos mais instalar nenhum plug-in para termos nossos PDF’s.

Bem, aproveitei a ferramenta que estou usando agora para dar um exemplo prático do que é um plug-in. Basicamente é isso. O plug-in, também conhecido por outros nomes como add-in, add-on e extensão, é uma ferramenta que adiciona funcionalidades extras a um determinado programa e evita muita dor de cabeça para o usuário.

PRINCIPAIS USOS DOS PLUG-INS

Leves e de fácil instalação, os plug-ins são muito populares em navegadores web, como o Chrome, Internet Explorer, Firefox e outros menos famosos. Praticamente todo navegador, mesmo o que você está usando agora para ler este texto, tem um plug-in instalado. Sem os plug-ins não poderíamos assistir conteúdos em flash na Internet, pois a maioria dos navegadores não permite a exibição de flash nativa. Ou seja, sem a existência dos benditos plug-ins não poderíamos assistir vídeos no Youtube! OK, hoje poderíamos sem um plug-in no browser, pois o Youtube agora é em HTML5 e não mais em Flash.

Mas não existem apenas plug-ins para tornar a vida mais prática no PC e divertida na Internet. Há também aqueles criados para tornar nossa navegação mais segura. Por exemplo, a maioria dos antivírus adiciona plug-ins automaticamente em nossos navegadores: sites de bancos costumam fazer o mesmo.

OUTRAS FUNCIONALIDADES DOS PLUG-INS

Não são apenas os navegadores web que necessitam de plug-ins para executar funcionalidades extras. Outros programas também são famosos por precisar deles. Um bom exemplo é o Adobe Photoshop, para o qual existe uma infinidade de plug-ins que adicionaram funções não nativas ao programa, mas que são de grande utilidade para designers e editores de foto.

IDE’s de programação, que são softwares destinados ao desenvolvimento de outros programas, também são bastante dependentes de plug-ins, que suprem suas carências. E eles salvam a pele e o tempo de muito programador por aí.

Há também plug-ins criados para uso em plataformas de desenvolvimento de sites, como os populares WordPress e Joomla.

MAS O QUE É PLUG-IN MESMO?

Resumindo e sem mais delongas, plug-in é um pequeno software de fácil instalação que adiciona funções extras a outros programas, sem interferir no seu funcionamento. Ele é como a peça de um quebra-cabeça que estava faltando no software, e ao se encaixar deixa-o completo e adequado às necessidades de cada usuário.

Clique na imagem e saiba mais sobre  a super plataforma :

 

Deixe uma comentário