Por que a conferência de cartões precisa ser levada a sério em seu supermercado

Um supermercado precisa vender. Sim, vendas são importantes para a sobrevivência de qualquer estabelecimento comercial, mas quando os cartões de crédito em cena, apenas vender não basta. É preciso saber se você realmente está recebendo tudo o que conseguiu vender e é por isso que a conferência de cartões é super importante.

Geralmente trabalhamos com muitos cartões e cada um tem uma data diferente de vencimento. Nesse sentido, algumas questões surgem e precisam ser resolvidas como: quanto eu tenho pra receber no dia hoje e quanto tenho para receber este mês?

Em relação à conferência de cartões, é preciso ficar bem atento se tudo o que você vendeu realmente entrou em sua conta. Outra coisa, que recomendo, e que acho importante baseado em meus quase 40 anos de supermercado, é analisar se as taxas das operadoras estão todas corretas. Isso também faz a diferença nos seus lucros.

Muitos comerciantes são lesados por operadoras em relação às vendas no cartão. No site do Reclame Aqui existem muitos exemplos de supermercadistas que venderam, mas não receberam. Isso ocorre porque no final do mês os comerciantes se deparam com uma grande dificuldade na hora de conferir os cartões, porque cada bandeira tem uma data, um dia de corte.

A confusão também acontece por causa dos nomes que aparecem no extrato bancário. Por fim, o seu supermercado apenas vende e fica somente na estimativa quanto ao que faturou, ou seja, fica no ‘achismo’.

Mas hoje em dia é muito fácil fazer a conferência de cartões com a ajuda de aplicativos ou softwares especializados que resolvem esse problema para você. Essas ferramentas são importantes no controle e trazem maior agilidade e segurança, sem contar na melhoria de projeção dos recebimentos futuros.

Dentro desse contexto não podemos ignorar a conciliação de cartões de débito e crédito que segue alguns passos e que detalho mais no final desse artigo:

Cadastro de todos os tipos de recebimento

Registros dos seus recebimentos

Análise das bandeiras dos cartões

E, claro, o dimensionamento dos ganhos

4 Maneiras de fazer a conferência de cartões de débito e crédito

Falei sobre a importância de um software ou aplicativo para realizar a conferência de cartões, mas existem algumas outras maneiras que também podem ser consideradas.

  1. Arquivar os comprovantes

Caso o seu supermercado use a maquininha (POS), você poderá arquivar todos os comprovantes de transações que foram realizadas ou o balanço diário das vendas no cartão. Através desses comprovantes pode ser feita a conferência das vendas da maquininha e comparar com as vendas que foram registradas no site da operadora. O interessante é realizar esse processo no dia seguinte às vendas, para evitar o acúmulo de trabalho.

Ao arquivar os comprovantes você estará apenas fazendo a conferência de vendas e não a conferência da taxa de vendas que requer um trabalho maior e mais detalhado.

  1. TEF

Se o seu supermercado utiliza  TEF, o próprio sistema irá gerar um relatório das vendas em cartão de um determinado período. Assim, o controle será feito de uma forma mais rápida e fácil e o confronto das vendas é feito ao emitir um relatório do TEF em um determinado dia e depois confrontado com os valores no site da operadora do seu cartão. Dessa forma, os eventuais erros registrados nos lançamentos de vendas serão encontrados rapidamente.

Lembre-se que com o TEF só é possível realizar a conferência das vendas, ou seja, o valor bruto.

  1. Software de gestão ERP

Seu supermercado pode utilizar um software de gestão ERP para varejo, onde você conseguirá realizar a conferência de vendas e também a conferência da taxa de venda com mais facilidade.

Você precisará apenas cadastrar os cartões no sistema com a respectiva taxa, por bandeira e também por modalidade, como: à vista, parcelado de 3 vezes, etc. Dessa forma, toda venda realizada no PDV será registrada automaticamente no sistema de gestão, que registrará o recebimento e descontará a taxa, criando um relatório de vendas com valor bruto e valor líquido (já descontando as taxas).

  1. Conciliador de cartões

Essa é outra forma interessante de conferência de cartões. Um software de conciliação de cartões controla as vendas no cartão através de um processo relativamente simples. Seu sistema busca recorre aos arquivos das operadoras, as vendas realizadas e depois confere as taxas e tarifas cobradas.

O software de conciliação de cartões faz a conferência das vendas e a conferência da taxa de vendas no automático e depois aponta apenas as divergências.

Gostou do artigo? Deixe seus comentários, suas dúvidas!

Deixe uma comentário